Para os apaixonados por bebês.

Saúde
Existe diferença entre inseminação e fertilização?
12/09/2018 14:21:02

Inseminação x fertilização: Entenda a diferença

Para os casais que sonham em ter filhos, mas possuem alguma condição de saúde que os impede de realizar este sonho de forma natural, procurar soluções na medicina é uma ótima forma de solucionar este problema.

Atualmente graças aos constantes avanços da medicina, já é possível casais que sofrem com algum problema em seus sistema reprodutor serem pais.

Estamos falando da inseminação e da fertilização, duas técnicas diferentes, mas que possuem resultados bastantes vantajosos.

Por isso, preparamos este texto para você entender a diferença entre estas duas técnicas e qual é a mais indicada para o seu quadro.

Inseminação

Na inseminação o processo de fecundação se dá colocando o espermatozoide diretamente dentro do útero da mulher para se ter mais chances.

É por isso que ela recebe o nome de inseminação artificial, pois o espermatozoide foi colocado de forma manual na mulher.

Nestes casos, também há o uso de remédios à base de hormônios, como o HCG, que favorecem e aumentem o número de óvulos expelidos pela mulher.

Assim, ao invés de um, como a maioria das mulheres libera todos os meses, esta pode liberar até mesmo três de uma vez.

Isto aumenta a chances de fecundação e de sucesso da técnica, pois há mais óvulos sendo fecundados de uma vez.

Aqui o sêmen é coletado e colocado dentro do interior do útero da mulheres, onde os espermatozoides ainda terão que encontrar o óvulo tubas uterinas e fecunda-lo para formar o embrião.

Esta técnica é mais indicada para pessoas que possuem algum problema na contagem de espermatozoides ou distúrbios na ovulação, como mulheres que sofrem de ovários policísticos.

Casais homoxexuais femininos e mulheres que querem engravidar mesmo estando sozinhas,  também podem fazer jus desta técnica, usando o sêmen de doadores.

Este é um processo mais simples e mais em conta também do que a fertilização, mas claro o seu uso irá depender da indicação do seu médico.

Fertilização

A técnica de  fertilização é mais complexa e tende a ter um valor mais alto em comparação a inseminação.

Ela é indicada para mulheres que possuem algum problema nas tubas uterinas, onde estas estão obstruídas e não é possível haver a passagem do óvulo até o útero ou possibilidade do espermatozóide alcançar o mesmo para fecundar.

Também, é indicado para mulheres que sofrem com endometriose, baixa reserva ovariana e para aquelas que já estão em idade mais avançada.

No caso dos homens, a técnica é indicada para quem sofre com baixa contagem de espermatozóide no sêmen.

O processo de fertilização se divide em cinco partes, onde na primeira se constitui em estimular a produção de óvulos com o auxílio de medicamentos e captá-los por via vaginal, mas não se preocupe neste processo a mulheres é sedada.

Com o óvulo extraído entra a próxima fase, onde o mesmo deve ser fecundado pelo espermatozóide e para isto, ambos são deixados próximos e se espera 19 horas para se ter um resultado.

Também, além da fecundação clássica citada acima, o espermatozoide pode ser implantado dentro do óvulo com o auxílio de uma agulha microscópica.

A quarta fase do processo é a cultura dos embriões, onde o mesmo é mantido em uma espécie de incubadora que proporciona as condições ideais para o mesmo se desenvolver.

Este período pode levar de três a seis dias, onde ao final deste período os mesmos são implantados dentro do útero da mulher para que o processo da gravidez possa se desenvolver normalmente.

Considerações finais

Ambas as técnicas possuem suas indicações próprias e a principal diferentes entre as duas é a forma como a fecundação é realizada.

A escolha por uma ou por outra irá depender de inúmeros fatores que serão indicados pelo seu médico.

Mas graças aos avanços da medicina, hoje é possível tornar o sonho de se tornar mamãe muito mais fácil e real para muitas mulheres.

----------------------------------------------------------------------------------

Confira também outros artigos sobre bebês:

----------------------------------------------------------------------------------

Você já conhece o Clube Gratuito Eu Amo Meu Bebê?

O Eu Amo Meu Bebê é o primeiro clube de vantagens voltado para gestantes e mães recentes que reúne descontos e promoções exclusivas de diversas empresas em produtos e serviços para o período de gestação e para bebês, além de trazer conteúdos sobre maternidade, gestação, saúde e bem-estar. 

Acesse agora e veja desconto especial para as gestantes e mamães em diversas categorias.

Eu Amo meu Bebê
Somos um clube de vantagens gratuito para gestantes e mamães economizarem no dia-a-dia. Aqui no blog, compartilhamos dicas e depoimentos que achamos mais legais.

©2011-2018. Proxy Media. Todos os diretos reservados. | Termos de uso | Quem somos | Artigos