Para os apaixonados por bebês.

Depoimentos
DEPOIMENTO: De Mãe para Mãe
24/08/2018 20:20:31

DEPOIMENTO: De Mãe para Mãe

SOBRE SER MÃE DE PREMATUROS - Por Bianca Trindade

"O nascimento, prematuro.

A minha bolsa estourou com 34 semanas de gestação, na madrugada do dia 05/04/2013, sabia desde o início que por ser gravidez gemelar corria o risco.

Todos os cuidados foram tomados durante todo pré natal.

Mas eles resolveram vir antes da hora prevista, o ideal era esperarmos mais 3 semanas.

Me deu um frio na barriga no primeiro dia que fui visitar eles na UTI e ouvi ao chegar na sala: “Mãe, você não pode entrar, seu gemelar 1 teve uma apnéia.” (Apnéia é quando o bebê esquece de respirar), meu mundo caiu.

Outro fato que ao ouvir “Mãe, você deve se preparar caso um dos gêmeos saia antes do outro.”, pensei, como vou cuidar de um bebê de UTI e outro recém nascido em casa?

Ser mãe de prematuro é viver dias ou meses dentro de um hospital quase 24 horas por dia, com a tensão, ansiedade e medos convivendo com você durante todo o tempo.

Um dia, parece um ano…o tempo não passa….cada conquista como 30 gramas a mais no peso é motivo de muita comemoração.

Como mãe de UTI passamos a valorizar qualquer evolução, não pedimos muito, pedimos reação dos nossos prematuros! O mundo lá fora pausa, a sua vida é ali com eles e para eles. Aquelas incubadoras, aqueles aparelhos que apitam e você já começa a dominar tudo, saturação, apneia e por aí vai.

Preparamos o enxoval, o quarto do bebê esperando que logo após o parto, questão de dias eles estariam lá para conhecer seu novo lar preparado com tanto carinho, sem ao menos imaginar que o tempo normal de gestação não seguiria o padrão das 40 semanas.

Não pedimos somente pelos nossos filhos que lá estão, pedimos por todos.

É inevitável não se entristecer pelas outros bebês e famílias que lá estão na UTI, meu marido me disse na minha primeira ida a UTI “não olhe para as outras crianças, de foco a eles”, afim de não me impressionar, mas o tempo que passamos lá, dias ou meses, é inevitável não conviver todos os dias com essas pessoas, desconhecidas até então, mas com um destino que nos fez ali se encontrarmos por uma razão óbvia, darmos forças umas a outras, proporcionando uma forte corrente de oração, afinal estamos todas no mesmo barco e aquele é o momento de unir forças.

O olhar e expressão de um mãe que acaba de visitar o seu filho é entendido e compreendido sem ao menos ter que se expressar.

Os gêmeos permaneceram por 19 dias na UTI até a vinda para casa.

A minha mensagem de hoje é para vocês mamães que estão com seus filhos na UTI, espero que aquiete o seu coração levando força e calma para aguardar o grande dia, o da alta!"

 

Bianca, formada em Farmácia, casada e mãe dos gêmeos Gabriel e Gustavo. Do Blog Afeto de Mãe.

----------------------------------------------------------------------------------

Confira também outros artigos sobre bebês:

----------------------------------------------------------------------------------

Você já conhece o Clube Gratuito Eu Amo Meu Bebê?

Eu Amo Meu Bebê é o primeiro clube de vantagens voltado paragestantes e mães recentes que reúne descontos e promoções exclusivas de diversas empresas em produtos e serviços para o período de gestação e para bebês, além de trazer conteúdos sobre maternidade, gestação, saúde e bem-estar.

Acesse agora e veja desconto especial para as gestantes e mamães em diversas categorias. 

Eu Amo meu Bebê
Somos um clube de vantagens gratuito para gestantes e mamães economizarem no dia-a-dia. Aqui no blog, compartilhamos dicas e depoimentos que achamos mais legais.

©2011-2018. Proxy Media. Todos os diretos reservados. | Termos de uso | Quem somos | Artigos